Alarme falso!

A madrugada de hoje foi longa! Dormi muito tarde por conta da hora que estou acordando (12h) todos os dias. Estar em casa permite horários de sono irregulares, durmo sempre que tenho vontade e nem sempre tenho vontade de dormir na hora que preciso! Então fui dormir quase 3h da manhã, não demorei de pegar no sono e já estava dormindo profundamente quando acordei assustada 1h30min depois com você mexendo.

Você mexia muito e cada movimento me provocada dores no pé da barriga. Fui ao banheiro várias vezes e a barriga começou a contrair. Comecei a sentir um pouco de dor nas costas, nas pernas, sensação de cólica…uma coisa de cada vez! Papai ficou agoniado, eram vários tipos de dores diferentes, qual dor era para contar o intervalo de tempo? Será que era contração? E que tipo de dor era a contração? Será que todas eram contrações? Ou era para a gente relaxar e dormir que não tinha nada a ver? Muitas dúvidas! Mas brincamos com a situação e rimos muito, entre um chute dolorido e uma dor esquisita. Se fossemos marcar o intervalo de cada sensação iríamos chegar com um relatório de 10 paginas para a médica!

Resultado é que isso deu fome na gente, levantamos e fizemos um lanche. Depois disso voltamos para a cama já com o dia amanhecendo, consegui pegar no sono logo e dormi até 12h.

Ao levantar percebi que minha calcinha estava muito molhada e comecei a suspeitar de perda de líquido amniótico. Resolvi  esperar um pouco e observar melhor, tomei banho me troquei e fui costurar. Logo depois senti a calcinha molhada outra vez, então resolvi ligar para a médica.

Expliquei tudo e ela pediu para que eu fosse à maternidade que ela estava dando plantão para me examinar. A informação chata que ela me deu por telefone é que se a perda de líquido fosse confirmada eu não poderia parir no Centro de Parto Normal. Já fui triste para o hospital, ansiosa e com medo. Mas tentei mentalizar durante o caminho que era só alarme falso e que tudo iria dar certo. Papai me ajudou lembrando sempre de respirar fundo e relaxar. Teria relaxado mais se não fosse o motorista “malassombrado” do taxi…mas isso é outra história!!!

Chegando à maternidade passei pela triagem e fiquei aguardando na sala de espera, enquanto aguardava papai me ofereceu a sutra para ler e parar de pensar besteira. Isso foi ótimo, ler a sutra realmente ajuda a esquecer de pensamentos negativos e passar o tempo. Logo depois fui chamada para o atendimento.

A médica me examinou, viu que eu estava com um dedo de dilatação, mas que não havia perda de líquido e seu nascimento poderia demorar uns dias ainda. As dores que eu tive na noite passada provavelmente foram dores normais desse período, algumas mulheres sentem o bebê e o útero se “ajeitando” para o parto. Explicou-me também que quando a mulher começa a perder líquido ele não para de sair, mesmo em pequena quantidade. No meu caso a calcinha molhada foi fruto do aumento da secreção vaginal, normal nessa fase também.

Isso me deixou muito feliz!!! Tudo certo para o parto no Centro de Parto Normal. A médica também ouviu o seu coraçãozinho e disse que você estava ótima e tranquila. Nada melhor do que isso para deixar uma mãe de primeira viagem tranquila não é? Depois das ótimas notícias fiquei até com fome. Voltamos para casa e comunicamos as novidades paras as vovós que estavam esperando ansiosas por notícias.

Agora estou super tranquila, tudo está caminhando para que o parto seja o melhor possível. A minha ansiedade e inexperiência acaba gerando essa quantidade de alarmes falsos!!! É impossível saber como são as dores do parto sem ter passado por elas. E qualquer coisa que a gente sente nesse momento parece ser o sinal que faltava para o grande acontecimento!

O importante agora é que eu e o papai estamos bem mais tranquilos e parece que você também, pois hoje mexeu pouco. Acho que está compensando a madrugada agitada! Espero que não acorde quando eu for dormir danadinha!!! hehehehee

Acho que você está treinando a mamãe e o papai para perder noites!!!

A médica se despediu me aconselhando a aproveitar esses últimos momentos e caminhar, namorar e me movimentar! Como eu sigo as boas recomendações médicas…é isso que estarei fazendo nos próximos dias!

 

Um cheiro minha sementinha…

Esta entrada foi publicada em Histórias para a sementinha. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *