Mais um dia de expectativas

Um dia de sensações diferentes e de expectativas. Ontem comecei a sentir cólicas, e a barriga endurecendo com bastante frequência. Resolvi ir dormir mais cedo, peguei no sono, mas meia noite acordei com um pouco de cólica e vontade de fazer xixi. O papai também deitou com a mamãe, mas não conseguiu dormir. Depois de fazer xixi fiquei rolando na cama e então decidimos assistir um filme.

Assistimos Marley e Eu, eu já tinha assistido umas duas vezes, mas papai ainda não. Foi uma choradeira só! Estamos mais emotivos nos últimos dias. Depois do filme fizemos um lanche e fomos dormir, já era quase 3h da manhã. Fiquei rolando na cama por um tempo, sentindo a barriga endurecendo e a sensação de cólica aumentando.

Dormi, mas acordei várias vezes para fazer xixi e a sensação de cólica não passava. Alguns momentos durante o sono a cólica aumentava e eu sonhava que estava sentindo dor e acordava assustada. Resultado foi que não dormi muito, nem papai conseguiu dormir direito. Hoje pela manhã a sensação de cólica estava grande, mas grande também era o sono que a mamãe estava sentindo. A vovó Nilza sugeriu que ligássemos para a médica para saber o que fazer, mas resolvi dormir e ligar mais tarde.

Essa hora eu dormi mais, mesmo sentindo bastante cólica. Acordei com Tia Marcella chegando com as fraldas ecológicas que você ganhou dos amigos da mamãe e do papai num chá de fraldas ecológicas! Adorei as fraldas, uma mais linda que a outra.

Depois disso a mamãe almoçou e foi descansar outra vez, antes liguei para a médica e contei como estava me sentindo. Ela me disse que as contrações teriam que aumentar para a mamãe ir para a maternidade. Então fiquei esperando que o intervalo entre as contrações aumentassem. Acabamos pegando no sono e dormindo muito, a tarde toda e eu perdi as contas. Acordei mais disposta e com menos dor do que quando fui dormir.

Então eu e o papai fomos dar uma volta e comer alguma coisa. Acabamos indo comer uma lasanha numa pizzaria. Um passeio ótimo, pois tem dias que a mamãe praticamente não sai de casa. O passeio fez a mamãe relaxar bastante. Quando voltei para casa as cólicas voltaram, mas ainda estão leves e acho que vai demorar um pouco para você nascer.

Você mexeu hoje sempre que a barriga amolecia, parece que aproveita para se esticar depois da pressão do útero. Agora está mais quietinha, mas as cólicas continuam.

Acho que a previsão da vovó Nilza não irá se cumprir (de que seu nascimento será dia 4 de dezembro), mas também acho que não vai demorar. A médica disse que essas são características de pré – parto, quando o corpo está se preparando para o grande evento.

O que me deixa mais impressionada é o prazer que dá sentir tudo isso, queria que fosse mais rápido, que as dores aumentassem logo e você nascesse. Mas cada cólica que eu sinto é uma comemoração. Sinal de que meu corpo está trabalhando da melhor forma para trazer você ao mundo de forma natural. É lógico que a mamãe está ansiosa e quando as cólicas melhoram eu fico um pouco desapontada, mas sei que esse é um processo necessário e fundamental para o bom andamento de tudo.

Cada dia que passa cada dor mais forte que eu sinto é sinal de que você está chegando e estamos em festa por isso.

Pode vir minha sementinha…estamos aguardando!

Esta entrada foi publicada em Histórias para a sementinha. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *