São tantas emoções!

Hoje a mamãe acordou melhor. Dormi muito, o pé amanheceu normal. Levantamos e fomos preparar o café, enquanto esperava o cuscuz ficar pronto falei com papai o quanto desejava tomar um banho de mar. Mas hoje as praias estão muito cheias, não seria uma boa ideia.

Quando terminei de comer observei que meus pés estavam inchados outra vez! O papai pediu logo para a mamãe deitar e colocar os pés para cima, a vovó também. Todo mundo cercando a gente de cuidados. Mas a verdade é que a mamãe fica impaciente quando está parada sem nada para fazer. Então o papai foi logo providenciar um livro para eu ler e me fez treinar o símbolo do Reiki nível 3. Isso me distraiu por algum tempo, depois a mamãe decidiu tomar um banho.

Você tem mexido cada vez mais forte. Às vezes quando você mexe a mamãe sente dor. Mas isso acontece porque ai dentro já está apertado e qualquer movimento seu a mãe sente. Durante o banho conversei com você, disse que assim que você quiser nascer, assim que estiver pronta pode nascer. Passei um tempo no banho assim, relaxando e você ficou mais calminha.

Depois do banho a mamãe falou com a vovó Nilza e algumas coisas me fizeram ficar emocionada. É que às vezes a gente não consegue entender as atitudes de algumas pessoas que amamos fora que a mamãe está mais emotiva mesmo e um pouco ansiosa. Eu tentei segurar o choro, o papai percebeu e tentou me ajudar mudando de assunto, tentando fazer a mamãe pensar em outra coisa. Mas a emoção foi forte demais e a mamãe acabou chorando.

É assim mesmo filhota. Como o papai sempre diz, as pessoas têm limitações, e não podemos esperar que elas tenham as atitudes que imaginamos ser a mais correta. Fazer a coisa certa não significa fazer o que a gente quer. Na situação que a mamãe viveu hoje, talvez o mais certo é quem deixou a mamãe emocionada, ou pelo menos esta pessoa está fazendo o que acha mais certo. Não podemos julgar os outros pelo que somos ou baseado em nossas próprias atitudes.

Temos que ver o lado belo de todo mundo. E essa pessoa tem uma beleza rara, assim como todos nós temos apesar de nossas diferenças.

Depois disso o papai ficou animando a mamãe e até permitiu que a mamãe andasse até a farmácia para comprar algumas coisas! hehehe

Depois que chegamos almoçamos e o papai foi dormir, enquanto isso eu fiquei aqui lendo várias coisas na internet. Li um texto que falava de como os pais devem cuidar das mamães enquanto elas estão esperando um bebê. Fiquei emocionada outra vez, pois o papai é tudo o que fala no texto e muito mais!

Eu estou muito chorona filha! hehehe

E agora estou aqui, escrevendo no blog e sentindo você dar verdadeiros pulos na barriga.

Vou ver se acordo o papai! hehehe

Até amanhã filhota!

 

Esta entrada foi publicada em Histórias para a sementinha. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *