Vovó Nilza chegou…e você está querendo chegar!

Hoje foi um dia cheio de novidades! Vovó Nilza chegou, trouxe muitos vestidinhos, lençóis, o protetor de berço e etc… uma festa. Chegou toda animada, lavou todas essas coisinhas e fez comidinha gostosa para a mamãe! Eita coisa boa é mãe por perto!!! hehehehe

Conversamos muito também, assunto principal: Seu nascimento! Essa de vai ser hoje…vai ser amanhã…vai ser quarta, quinta…sexta… próximo domingo  sem falta!!! Vovó Ana estava se preparando para ir em Jacuípe com vovô Avelar, ela estava apostando que seria hoje!

E a mamãe no meio das apostas já nem sabia o que dizer, mas estava se sentindo meio mole, sentindo várias pontadas no pé da barriga e a barriga endurecendo de tempos em tempos.

Mas, a vovó Nilza estava apostando que nada era para hoje, que tudo isso é normal e que poderia durar a semana toda. Passamos o dia assim, praticamente só falamos sobre isso.

No início da noite estava sentada conversando com vovó e resolvi fazer xixi quando levantei senti algo escorrendo entre as pernas, passei a mão vi que era uma secreção viscosa parecendo catarro como a médica descreveu. Era o primeiro sinal de parto. Avisei ao papai que ficou agoniado e já queria levar a mamãe para o Centro de Parto Normal. Mas eu não estava sentindo dor nenhuma, só a barriga endurecendo e algumas pontadas, resolvemos ligar para a Dra. Marilena. Expliquei o que tinha acontecido e ela disse que era normal, que agora eu teria que contar de quanto em quanto tempo à barriga ficava dura, e ver se as dores aumentavam só então ir para o Centro.

A vovó gostou, apesar de estar fazendo apostas para a próxima semana. Eu fiquei muito feliz adorei a notícia e a vontade era que as dores aumentassem logo. hehehe

Começamos a contar as contrações da barriga e avisamos a vovó Ana que estava lá em Jacuípe. No início estavam de 10 em 10min, depois teve uma que foi num intervalo de 7 min, a mamãe estava sentindo uma colicazinha como se fosse menstruar, mas nada, além disso. Tomei banho, tomei café e resolvi dormir um pouco. Tudo isso começou 20:30h, fui deitar umas 21:30h cochilei, mas não peguei no sono e as contrações da barriga foram diminuindo, ficando em intervalos maiores. A vovó Ana chegou querendo levar a gente para o Centro, mas sem dor e com contrações irregulares seria inútil.

A barriga continua endurecendo, a sensação de cólica continua, mas nada mais acontece. Estamos aqui preparadíssimos para ir assim que tivermos os sinais mais concretos. Por enquanto eu vou relaxar, tentar controlar a ansiedade e dormir, pois acho que não vai demorar muito para você chegar. Apesar dessas coisas que eu estou sentindo eu estou muito bem e principalmente feliz. O papai está numa expectativa danada e estamos muito animados.

Sua chegada está sendo realmente uma festa. Estamos aguardando!!!

Beijocas minha sementinha…até logo!

Esta entrada foi publicada em Histórias para a sementinha. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Vovó Nilza chegou…e você está querendo chegar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *